“Mulheres de negócio – uma trajetória bem sucedida” ou “Porque somos doidas”

O encontro da semana teve um toque especial sobre o comportamento humano, principalmente do feminino.

Na sua palestra, Doutora Evânia França ressaltou trechos da obra do teólogo e filósofo da era humanista da Renascença holandesa,Erasmo de Rotterdam:
“O louvor da loucura”:
“Loucura: Sabedoria, democracia, amor, amizade, esquecimento, amor próprio, prudência, felicidade.”

Na sua dissertação, ela afirma que a loucura é pertinente na vida de qualquer pessoa. “A loucura é sinônima de alegria”.
Em se tratando de mulher, a loucura é ainda mais latente. Destaque para outra citação belíssima do filósofo:
“Em vão a mulher veste a máscara, continua sempre mulher, ou seja, louca. É este dom da loucura que lhes permite ser, em muitos aspectos, mais felizes que os homens.”

Doutora Evânia, dentre tantas falas surpreendentes, afirmou que gostaria de ter mudado o título de sua palestra para:
“Porque somos doidas”

Concordamos plenamente!

compartilhe este post

QUEM VIU ESSE POST TAMBÉM CURTIU: