Como surgiu o Elas por Elas

Olá!

Quero contar pra vocês porque surgiu o elas por elas e antes vou me apresentar, para aqueles que ainda não me conhecem.

Meu nome é Maria Inês Prazeres.

Sou empresária e atuo no ramo de seguro de vida e previdência privada a mais de vinte anos.Considero-me uma pessoa muito bem sucedida, mas não totalmente realizada porque ainda tenho muito a realizar.

O empoderamento feminino é minha grande proposta para o momento. O tema hoje transita com muita intensidade em todas as esferas da comunicação. E isso é fantástico, afinal, as mulheres estão dando as caras mais e mais para conquistar o que é de direito e nada mais.

A muito que já tenho a convicção que poderia contribuir de alguma forma em causas de interesse do universo feminino. E pra isso só precisei deixar fluir ideias que valeriam a pena ser compartilhadas e juntar-me com outras pessoas com as mesmas afinidades.

A primeira ideia surgiu com uma observação vinda do meu trabalho. Percebi que mais de 74% dos nossos clientes são mulheres, o que chamou muito minha atenção. Então fui pesquisar para saber quais os motivos desse resultado tão surpreendente. Encontrei diversas respostas, uma delas refere se ao fato de que as pessoas compram por razões emocionais e só depois vê razões lógicas para justificar suas compras. No entanto, acredito que a razão deva vir em primeiro lugar, para eliminar a chance do menor desconforto da pessoa descobrir tempo depois, ter adquirido algo desnecessário ou improprio as suas necessidades.

Outro dado importante vem das pesquisas recentes do IBGE, que identificou que a mulher contribui com 40,9% da renda familiar, enquanto os homens contribuem com 59,1%. Assim, cada vez mais a mulher participa do papel de provedora, senão na totalidade, do orçamento doméstico familiar. Não à toa, é cada vez maior o número de mulheres que buscam conhecimentos e oportunidades para empreender nos seus negócios.

Diante das considerações, acredito que posso contribuir para incentivar o maior número possível de brasileiras a contratar uma apólice de seguro e, principalmente, garantir que seja adequada as suas reais necessidades, mediante propostas sinceras e coerentes. Isso pode até soar como um tipo de oportunismo, mas longe disso, como já disse antes, sou uma pessoa de sucesso e minha carreira se deve principalmente por ser uma excelente vendedora e obviamente o retorno financeiro sempre foi fato. E posso também, com toda bagagem que possuo exercer meu papel na sociedade, encorajando outras mulheres a conquistarem fortes e robustos objetivos.

E agora, com incentivo da corretora e de mulheres com afinidades em movimentos do empoeiramento feminino, engajadas nos contextos da representatividade e sonoridade isso torna-se realidade com surgimento do “Elas por Elas”.

Maria Inês Prazeres

compartilhe este post

QUEM VIU ESSE POST TAMBÉM CURTIU:

O MARKETING DE INFLUÊNCIA

O digital influencer é uma pessoa formadora de opinião capaz de influenciar seus seguidores nas mídias sociais, muito embora, basta um perfil no instagram para